Descubra o segredo para tirar o seu CPF da pré-malha fina

O Segredo Do Que Vocre Precisa Fazer Para Tirar Seu Cpfe Da Pre Malha Fina Blog - Regulariza Portal

Compartilhe nas redes!

Seu CPF está na pré-malha fina? Saiba como sair dessa e recuperar sua restituição

Para não cair na malha fina, é necessário, também, evitar as inconsistências na Receita Federal. Procure o seu contador e fique por dentro desses pontos específicos. Veja as nossas dicas no post e bons negócios.

Logo após a entrega da declaração de imposto de renda, outra fase começa na vida do contribuinte: verificar se não está com o CPF na pré-malha fina.

Isso pode acontecer por divergência de informações. Ou seja, o cruzamento de dados apontou algum desacordo.

Sendo assim, é fundamental pedir para que um profissional contábil faça a declaração de imposto de renda para evitar a tão temível malha fina. 

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue conosco!

CPF na pré-malha fina: como isso acontece?

Vamos entender um pouco mais sobre esse assunto do CPF na pré-malha fina?

A divergência de informações é descoberta pelo cruzamento de dados que a Receita Federal faz, gerando, assim, um aviso da inconsistência.

Contudo, isso pode acontecer por vários motivos, incluindo a digitação de informações erradas, mas que o sistema alerta sobre a necessidade de regularização.

Além disso, outra pergunta é sobre a intimação recebida quando o fato acontece. Significa que automaticamente serei processado? Não.

Se você possuir documentos que comprovem o que lançou, tudo já estará resolvido.

Outra pergunta comum é: com o CPF na pré-malha fina, como fica a restituição a que você tinha direito? Será automaticamente cancelada? Não, mas sairá da fila de recebimento até comprovar que estava correto.

Caso as inconsistências não sejam comprovadas, você perderá o direito à restituição. Em situações mais brandas, ela pode ser apenas reduzida nos termos da Receita Federal.

Para comprovar que aquela pendência, na verdade, foi um mero erro ou que é uma inconsistência, você terá que reunir toda a documentação para comprovar. 

Por exemplo, as despesas médicas, que não foram reconhecidas pela Receita Federal, terão que ser apresentadas em notas fiscais ou recibos para comprovação.

Após o envio, a Receita Federal vai checar se os dados estão corretos, e, então, corrigir a inconsistência.

Dessa forma, seu nome voltará para a fila de restituição de Imposto de Renda.

No entanto, se os documentos que apresentou não apresentarem consistência, você poderá sofrer multa de até 65% do valor total do Imposto devido.

Então, vale a pena tomar esse cuidado, procurar o seu contador, analisar e ficar sempre atento para não cair na malha fina. 

Mas se isso já aconteceu, tente corrigir eventuais inconsistências na declaração em que cometeu o erro. 

Regulariza Portal: conosco, você não corre o risco de ter o seu CPF na pré-malha fina!

Estar em dia com a Receita Federal é primordial para não ter problemas com o CPF na pré-malha fina.

Por exemplo, declarar o imposto de renda todos os anos, e não deixar nenhuma pendência ou inconsistência, para não correr o risco de pagar a multa de 65% sobre o valor total do imposto.

Conte com o auxílio da Regulariza Portal para evitar problemas com a sua declaração do imposto de renda.

Os nossos profissionais são experientes e altamente capacitados para te ajudar nesse assunto, para que você tenha mais tranquilidade e segurança em suas operações de regularização. Conosco, você não corre o risco de cair na malha fina por erros na declaração de imposto de renda!

Você ainda tem alguma dúvida sobre esse serviço? Clique aqui e saiba mais sobre o assunto!

Entre em contato conosco e resolva ainda hoje a irregularidade de seu CPF!

Quero ajuda para recuperar minha restituição

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Posts Relacionados

O - Regulariza Portal

CND Receita Federal: como emitir?

Confira como emitir a Certidão Negativa da Receita Federal Apresentaremos, neste artigo, quais são os procedimentos necessários para emitir a sua CND da Receita Federal